Achei interessante compartilhar com as futuras marinheiras o que tem na caixinha de remédios da Gi, mas é importante ressaltar que vocês não auto-mediquem os babys!!! É extramente perigoso e o tipo de remédio varia de organismo para organismo, alguns babys desenvolvem alergia, outros não tem peso ou maturidade para tomar remédios ainda, portanto consulte o pediatra e veja se você pode ter esses remédios em casa para emergências!!!!

Logo que a Gi passou na primeira consulta do pediatra (o antigo pediatra!), ele já foi liberando alguns remédios que eu já até comentei em outros posts. O tal Flagass, para os problemas de gases (remédio RUIM!), Salsep 360º (único acerto!) e a vitamina Vitawin. E após a tentativa frustrada do flagass, suspendi a vitamina também.

 

A caixinha de remédios da Gi tem:

– Luftal para ajudar a eliminar os gases e as cólicas

– Tylenol bebê: para dores e febre (só usei quando tomou as vacinas)

– Decongex Plus que a Gi tomou com 6 meses quando teve a primeira gripe (é super perigoso dar esse remédio sem consultar o médico, a dosagem varia de acordo com o peso e com a idade do baby!)

– Salsep 360º também para a gripe (esse eu uso sempre que o narizinho da GI parece estar entupindo, é só um sorinho fraquinho, próprio para babys – mesmo assim consulte o pediatra!)

– A pomada de assaduras Oxido de zinco + nistatina (é a genérica do Dermodex tratamento) que a Gi usa a 3x por dia sempre

– Cutisanol Gel para brotoejas (as brotoejas apareceram quando a Gi estava com 2 meses, ela era bem gordinha e fez muito calor na época)

 

Além dos remédios, tem o aspirador nasal (super funciona quando os babys estão com o nariz entupido, a Gi não gosta, mas ajuda ela a respirar melhor), soro fisiologico (para fazer inalação e ajudar a limpar o catarro) e o repelente Johson Baby que é próprio para pele de babys menores de 2 anos.

Por enquanto esses estão sendo os salvadores da patria, carrego para todo canto.

Consulte o pediatra do seu baby e veja se pode dar esses remédios quando necessário.